Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Antes de pedir dinheiro emprestado, é importante saber como é que os empréstimos funcionam. Com uma melhor compreensão destes, poderá poupar dinheiro e tomar melhores decisões sobre a dívida (nomeadamente quando evitá-la). Tente perceber como os empréstimos funcionam antes de pensar em contrai-los.

O custo do dinheiro

O que é preciso para conseguir dinheiro? A resposta pode parecer estranha mas: precisa de mais dinheiro. Quando pedir um crédito, terá que pagar de volta o valor emprestado, acrescido de juros e/ou taxas, portanto, no fim, acabará por precisar de mais dinheiro do que aquele que pediu inicialmente emprestado.
Os custos envolvidos são uma parte chave da compreensão de como os empréstimos funcionam e  assim poder escolher a melhor solução. No geral, é preferível diminuir todos os custos ao máximo mas nem sempre é fácil entendê-los. Muitas vezes, não poderá contar a ajuda dos funcionários das instituições de crédito para lhe explicar exactamente como funcionam os empréstimos nem os custos detalhados associados, portanto deverá aprender o básico por si.

A mensalidade de um crédito

Quando perceber melhor como os empréstimos funcionam, verá que a maioria dos empréstimos são pagos gradualmente ao longo do tempo. Cada pagamento mensal é dividido em duas partes: uma parte paga o saldo do empréstimo, a outra parte são custos referentes aos juros. Uma tabela de amortização mostra de uma forma clara como funciona este processo e como os juros se comportam ao longo do tempo.

Como funciona a amortização?

Um empréstimo normalmente tem sempre associada uma maturidade. Alguns créditos podem durar mais de 30 anos, enquanto outros empréstimos podem durar só 3 anos. Um exemplo do primeiro pode ser um crédito à habitação e do segundo pode ser um crédito ao consumo. Por outro lado, os cartões de crédito são empréstimos diferentes, já que pode pedir e pagar quantas vezes quiser sem constituir um empréstimo novo.

Requisitos para contrair empréstimo

Para obter um empréstimo terá que passar por um processo de qualificação. Os credores só fazem empréstimos quando sentem/sabem que serão reembolsados. O seu histórico de créditos é importante para ajudar à esta qualificação, uma vez que demonstra como se comportou nos seus empréstimos no passado. Um bom perfil de crédito significa que é mais provável obter um empréstimo a uma taxa razoável. Poderá também ser necessário demonstrar que tem património/liquidez para reembolsar o empréstimo.

Agora que já sabe o básico sobre como funcionam os empréstimos em geral, poderá procurar mais informações junto da sua instituição financeira e perceber quais as soluções que oferecem. Não deixe também de comparar custos entre instituições financeiras. Por vezes pode haver diferenças bastante significativas.

Funcionamento dos Créditos
Classificado como: